Paraná

Faciap pede Auxilio Emergencial para empresários do Paraná

Auxílio Emergencial para empresas consideradas não essenciais na pandemia

O presidente da Federação das Associações Comerciais do Paraná (Faciap), Fernando Moraes, encaminhou na  quinta-feira (4), um ofício ao ministro da Economia, Paulo Guedes, solicitando a concessão de auxílio emergencial para os empresários que mais sofreram nesta pandemia.

“Pleiteamos o auxílio emergencial, principalmente, para aquelas empresas que desenvolvem atividades consideradas não essenciais. Seja por isenção tributária, por redução ou zerar alíquota de PIS e COFIS, mas principalmente com a concessão de recursos financeiros diretamente ao empresário, sem atravessadores (instituições financeiras) que oneram e lucram ainda mais em cima daqueles que perecem”, diz um trecho da carta.

Fernando Moraes destaca na carta que a concessão do auxílio emergencial para as famílias de baixa renda foi uma atitude louvável do Governo Federal, digna de países preocupados com a população e sua economia. Mas é hora de o governo ser mais criterioso nessa concessão e passar a investir nas empresas, que geram emprego e renda para essas famílias até então assistidas pelo governo.

“No segmento em que trabalho, por exemplo, de móveis, eletrodoméstico e telefonia, as empresas reagiram bem à pandemia e mantiveram suas vendas. Mas há segmentos que foram afetados profundamente e estes sim precisam de um auxílio para retomar o fôlego e voltar a crescer”, acrescente Moraes.

[Assessoria de Comunicação]

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.