Região

Homem é multado por retirar casca de amburana para colocar na pinga

Árvore patrimônio municipal apresenta sinais de ataques anteriores

Um homem morador de Cianorte foi autuado e multado em R$ 10 mil, acusado de prática de crime ambiental na vizinha cidade de Tapejara. Ele teria coletado – sem autorização – cascas de uma árvore urbana rara, para colocar misturadas na cachaça, bebida aguardente popularmente conhecida como pinga.
O fato aconteceu no dia 4 de fevereiro. Segundo informações da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Tapejara, foi recebida uma denúncia de crime ambiental contra uma árvore definida em situação de risco de extinção. Trata-se da espécie ‘Amburana Acreana’ , localizada à Rua Pernambuco, esquina com a Rua José Bonifácio. Ela é considerada ponto turístico da cidade.
A Polícia Ambiental do Pelotão de Cianorte foi comunicada. Agentes estiveram no local juntamente com fiscais da prefeitura e constataram que o tronco da árvore havia sido descascada, podendo causar a sua morte. O suspeito foi localizado e deverá responde judicialmente pelo ato danoso à espécie.
Patrimônio Imaterial
Essa espécie de árvore é oficialmente reconhecida como “Patrimônio Imaterial do Município”. A Lei 2174/2020 foi criada pelo Poder Executivo em 5 de novembro de 2020” e define a mesma como “Patrimônio de Especial Proteção do Município de Tapejara”. O terreno onde ela encontra-se foi reconhecido e inserido no mapa dos pontos turísticos do município.
Alerta
A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente orienta à população que a intervenção na ornamentação pública configura crime ambiental. Está disposto na Lei Federal 9.605, de 12 de fevereiro de 1988, artigo 49: destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade privada alheia.
[Editoria Milênio]
Foto: Reprodução | Pé de amburana é ponto turístico de Tapejara.

 

Foto: Reprodução | Amburana dá gosto na cachaça.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.