Umuarama

Umuarama contabiliza 70 mortes por Coronavírus

Município registrou a primeira morte de profissional médico

Com a morte de um médico clínico geral de 73 anos bem conhecido na cidade que estava internado no Hospital Cemil, atribuída a complicações em decorrência da Covid-19, no final de semana, Umuarama atingiu a marca de 70 vítimas da doença desde o primeiro caso registrado em 27 de março de 2020. O primeiro óbito ocorreu em 29 de abril do ano passado.
Casos novos
Nesta segunda-feira (18), a Secretaria Municipal de Saúde anunciou mais 50 casos positivos, sendo 28 mulheres e 22 homens.
Com isso, a cidade tem agora 6.273 diagnósticos positivos para a doença. Desse total, 2.637 pessoas seguem em isolamento domiciliar e 30 estão hospitalizadas, 12 delas em unidades de terapia intensiva e 18 em enfermarias. Por conta da regulação de leitos feita pelo Estado, também há pacientes de Umuarama em hospitais de Cianorte e Goioerê.
Outras 3.548 pessoas que tiveram Covid-19 se recuperaram e há ainda 1.959 umuaramenses com suspeita de infecção pelo coronavírus, dois deles internados e os demais em isolamento.
Ocupação de leitos
Dos 26 leitos autorizados pelo Sistema Único de Saúde para pacientes de Umuarama e região, nos hospitais locais, 25 estavam ocupados nesta segunda-feira (96,15%). Já nas enfermarias, a taxa de ocupação era de 76,3%, com pacientes internados em 29 dos 38 leitos ofertados pelo SUS. As notificações de síndromes gripais somam 16.795 desde o início da pandemia, das quais 8.563 foram descartadas para coronavírus.
[Assessoria]

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.