Três Poderes

Prefeito Celso Pozzobom tomou posse para o segundo mandato

Contas públicas estão controlada e prefeitura tem dinheiro em caixa

Em cerimônia realizada na manhã desta sexta-feira, 1º de janeiro, na Câmara Municipal de Umuarama, o prefeito Celso Pozzobom, o vice Hermes Pimentel e os 10 vereadores eleitos foram empossados para a gestão 2021-2024 (15ª Legislatura). Por conta da pandemia de coronavírus, a sessão foi fechada e transmitida pelas redes sociais.

Na chegada dos políticos ao prédio da Câmara, foi verificada a temperatura corporal e oferecido álcool em gel para higienização das mãos.

Compromissos

O prefeito Celso Pozzobom reafirmou seu compromisso com o futuro de Umuarama, com o desenvolvimento, a saúde e a qualidade de vida da população. “Agradeço pelos 32.714 umuaramenses que aprovaram nosso trabalho e me confiaram, através do voto, a oportunidade de concluir o projeto que estabelecemos para ver a nossa Umuarama crescer, ampliar as oportunidades e se tornar mais forte e humana. A votação superou nossa primeira eleição, o que aumenta minha responsabilidade como prefeito e como o líder que a cidade precisa para direcionar e promover o seu desenvolvimento”, discursou.

Pozzobom lembrou que a campanha acabou e que agora é o momento de unir esforços e concentrar as atenções para que o desenvolvimento experimentado nos últimos quatro anos se sustente, para a cidade crescer, “não apenas nos números populacionais, mas também em infraestrutura, oferta de empregos, qualidade da educação e da saúde, atenção às faixas mais vulneráveis da população e incentivo aos negócios, ao comércio, à indústria e à prestação de serviços”.

Sessão fechada para posse dos eleitos.

Relembrou os desafios e problemas superados no primeiro mandato, na infraestrutura urbana, falta de vagas nas escolas, consultas e cirurgias represadas na saúde, sucateamento da frota. “Mas isso é passado! Com muito trabalho e o apoio dos vereadores, deputados e do governo, mudamos essa realidade e hoje a situação é diferente. Iniciamos o segundo mandato com a casa em ordem, as contas públicas em dia e dinheiro em caixa para investimentos”, afirmou.

Prefeito, vice-prefeito e vereadores empossados.

O prefeito disse que, se houver necessidade, o município tem condições inclusive de adquirir vacinas para imunizar algumas faixas da população contra o coronavírus, caso haja atraso no repasse do imunizante por parte do Governo Federal ou do Estado. “Nossa condição nos permite fazer esse investimento emergencial na saúde da população. Também vamos concluir todas as obras em andamento e seguir com a modernização dos acessos de Umuarama, da gestão, reformando, das escolas e novos postos de saúde”, completou.

[Editoria Milênio]

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.