Eventos

Bispo Dom João Mamede ordenou mais três padres

Diocese de Umuarama com novos sacerdotes

Três jovens da Diocese de Umuarama foram ordenados padre no sábado, 28 de novembro. A celebração foi presidida pelo Bispo Diocesano Dom João Mamede Filho, na Matriz São Francisco de Assis.

Desta vez, os ordenados são os diáconos transitórios Allan Victor de Almeida Marandola, Bruno Henrique Ferreira e Ederson Camilo Pãoeagua. Foi um momento de emoção e demonstração de de fé entre os presentes na cerimônia.

Na celebração de ordenação estiveram presentes alguns familiares e amigos dos ordenados, já que por causa da pandemia o número de pessoas presentes foi reduzido. A comunidade pôde acompanhar toda a cerimônia pelas redes sociais da Diocese, da Matriz e pela Rádio Inconfidência.

Cerimônia foi celebrada na Igreja Matriz.

Chamados

Até chegarem ao sacerdócio, são anos de estudo e dedicação. O Padre Allan Victor de Almeida Marandola conta como foi seu chamado. “Em 2010, entrei na Faculdade de Direito. Nas disciplinas introdutórias filosóficas, notei que pulávamos dos pensadores antigos para os modernos. Um salto de aproximadamente 1.500 anos. Intrigado com isso, decidi buscar os pensadores desse período, e foi quando passei a ler mais a fundo os escritos de São Tomás de Aquino, o maior pensador desse período e também o maior teólogo de toda a história da Igreja. O estudo da doutrina de São Tomás deu fundamento e solidez à minha fé”, destaca.

“Um dia, quando eu estava no meu trabalho, veio-me o pensamento muito convicto: ‘Vou ser Padre’. Telefonei para a minha mãe e lhe avisei. Ela pensou que fosse coisa do momento. Logo, entrei em contato com o reitor do Seminário Propedêutico, à época, Padre Clóvis Hernandes. Ele me aconselhou a terminar o Curso de Direito, pois eu já estava no 4° período. Mas o chamado ficou cada vez mais forte, verdadeiramente irresistível, e então deixei emprego, faculdade e família, para ingressar no Seminário, na turma de 2012”, conclui o Sacerdote.

O Presbítero Bruno Henrique Ferreira ingressou no seminário em 2013 e diz não ter um momento específico no qual manifestou o desejo de ser Padre. “A vocação é fruto de uma escolha de Deus e, por isso, já se dá desde o ventre de minha mãe, como diz o profeta Jeremias”, detalha.

Dom João Mamede celebrou a Missa de Ordenação Sacerdotal.

O Padre Ederson Camilo Pãoeagua entrou no seminário com 22 anos, em fevereiro de 2013. Ele acredita que seu chamado vocacional tenha sido desde criança. “Desde pequeno, minha ‘brincadeira’ favorita era ‘rezar a Missa’ com meus primos e amigos, seja na casa da minha avó ou na escola. Nas Missas, minha vontade sempre foi a de estar lá, junto com o padre, no presbitério. Com o passar do tempo, mantive-me sempre envolvido com as coisas da Igreja, mas não me dediquei ao meu chamado ao sacerdócio. Chegando a juventude, entrei na Universidade e durante o percurso acadêmico, senti novamente o chamado dentro de mim, de modo especial, quando participava das Missas. Estar apenas no banco da Igreja parecia insuficiente, queria estar lá, no presbitério. Foi então, que após um discernimento, entendi que Deus me queria padre”, conta Ederson.

“Escolhi ser padre por amor a Cristo e à Igreja, de modo que nada mais faz sentido na minha vida, a não ser dedicar-me integralmente ao serviço do Reino para a salvação das almas”, finaliza o Presbítero.

Familiares e convidados participaram da celebração.
– Imagens: Divulgação

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.