Região

Dr. Jonathan é sepultado no Dia de Finados em Altônia

Médico e ex-prefeito de Altônia foi vítima da Covid-19

Dezenas de pessoas acompanharam com tristeza e emoção o cortejo e sepultamento do corpo do médico Jonathan Pliacekos na cidade de Altônia, neste Dia de Finados. O profissional morreu na noite de domingo (1) em Foz do Iguaçu em decorrência de problemas de saúde provocados pela Covid-19.

O prefeito Claudemir Gervasone decretou luto oficial de três dias no município em memória de Dr. Jonathan Pliacekos, de 74 anos. Ele foi eleito e administrou a cidade na gestão 89/92. Não houve velório do corpo, mas moradores de Altônia acompanharam o cortejo desde o portal da cidade até o Cemitério Municipal. Teve aplausos na despedida final do profissional de saúde que estava na linha de frente para tratar pacientes infectados pelo coronavírus, e dele também foi mais uma vítima.

Dr. Jonathan e a mulher Claudinéia foram diagnosticados com Covid-19  no dia 21 de outubro. Ela está bem, mas o estado clínico do médico agravou-se rapidamente, e ele foi internado e intubado na última quinta-feira (26). Em seguida sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e não resistiu. Antes, porém, teve forças para gravar um vídeo de despedia aos familiares e amigos: ‘combati o bom combate’, disse.

Dr. Jonathan faleceu aos 74 anos.

Formado em medicina em 1969 pela Universidade Federal do paraná (UFPR), Dr. Jonathan residiu e trabalhou em Altônia durante 21 anos. Depois mudou-se para Foz do Iguaçu, onde já estava há 25 anos prestando serviços para aquela população. Com 50 anos de atividade, foi homenageado em outubro do ano passado pelo Conselho Regional de Medicina do Paraná com o Diploma Mérito Ético Profissional. A Câmara Municipal também lhe outorgou o Título de Cidadão Honorário.

Era casado e pai de quatro filhos.

  • Fotos: Portal Altônia e Arquivo Pessoal.

[Editoria Milênio]

Sepultamento no cemitério de Altônia.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.