Policial

Delegado em Goioerê é acusado de improbidade administrativa

Segundo o MP, o servidor usava uma viatura policial para deslocamentos particulares

Um delegado da Polícia Civil em Goioerê, firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Paraná após investigação da 1ª Promotoria de Justiça da comarca constatar condutas irregulares. O nome do servidor não foi divulgado.

Segundo apurado em Inquérito Civil, ele não mantinha residência na cidade – o que é exigência legal – e fazia uso particular de uma viatura policial para deslocar-se à sua residência, em Londrina, distante 261 km. As situações configuram ato de improbidade administrativa.

Conforme os termos do acordo, para não ser acionado judicialmente, o delegado comprometeu-se a solicitar a aposentadoria, pagar multa de R$ 26.199,98 e ressarcir os danos causados aos cofres públicos, calculados em R$ 2.388,52. O TAC foi homologado nesta semana pelo Conselho Superior do Ministério Público.

  • Foto: Divulgação.

[Fonte: MPPR]

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.