Policial

Polícia Rodoviária apreendeu cabelo humano na PR-323

Agentes da Polícia Rodoviária Estadual apreenderam terça-feira (18), 26 quilos de cabelo humano que estavam sendo transportados em um ônibus de linha. O material foi avaliado em R$ 130 mil.

A apreensão aconteceu durante operação de fiscalização em frente ao Posto de Polícia Rodoviária de Cruzeiro do Oeste. Foi abordado um ônibus de transporte de passageiro e, ao ser realizada vistoria, foi encontrada 1 caixa na área destinada a encomendas contendo cabelo humano de origem estrangeira.

Os 25 quilos de cabelo humano estavam divididos em 25 blocos. Conforme legislação atual, é proibida a importação de material humano de outro país sem autorização da Receita Federal.

Segundo agentes da PRE, os cabelos são vendidos normalmente para apliques, mas a venda deles só pode ser feita por empresas cadastradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Esse tipo de mercadoria tem origem da Índia e China e geralmente chega ao Brasil pelo Paraguai.

As mercadorias foram avaliadas em aproximadamente R$ 130 mil e estão sujeitas à pena de perdimento e foi encaminhada até o depósito da Receita Federal de Guaíra para serem tomadas as devidas providências cabíveis ao fato.

[Editoria Milênio]

Foto: Divulgação | Cabelo humano para apliques totalizaram 26 quilos.

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.