Cultura

Livro de ex-aluna da Unipar é indicado para o ‘Prêmio Jabuti’

É a segunda vez que um nome ligado à Universidade Paranaense chega ao Jabuti, prêmio literário mais importante do Brasil, concedido pela Câmara Brasileira do Livro. Depois do professor Adalberto Ramón Valderrama Gerbasi, que trouxe a estatueta para Umuarama em 2018 com o livro “As maravilhosas utilidades da geometria da pré-história à era espacial”, agora é a vez da ex-aluna do curso de Odontologia comemorar o feito.

Bianca Fiorentin Moura, diplomada pela Unipar na turma de 2002, lançou em setembro do ano passado seu livro ‘Viagem ao consultório do dentista’, pela editora Inverso, de Curitiba. A obra, que já está indo para a segunda edição, foi indicada ao Jabuti na categoria infantil.

Especialista e mestre em Odontopediatria e professora na Universidade Comunitária de Chapecó/SC, Bianca diz que quando soube da indicação ficou surpresa. “De início nem acreditei”, exclama, rindo. Agora não se contém de tanta alegria: “Receber a indicação ao Prêmio Jabuti, seis meses após o lançamento do livro, foi muito além da realização de um sonho: foi uma conquista para a Odontologia, que alcançou um espaço dentro das casas das famílias através da literatura infantil”.

Desde o lançamento sua obra causou sensação nos meios literário e acadêmico, resultado que a cirurgiã-dentista entende como reconhecimento da sua dedicação para produzi-la com conteúdo sério e lúdico, ao mesmo tempo, e focado no objetivo de colaborar para tirar o medo que a criança tem de ir ao dentista e aceitar, com mais tranquilidade, o tratamento dentário.

Para este diálogo com os pequenos, Bianca criou dois personagens: os irmãos Bruno e Pedro, que durante um sonho são levados por uma amável fada ao consultório do dentista, que apresenta todos os instrumentos que são usados pelo profissional. Por ter recurso de áudio [um QR-Code], as crianças podem ouvir os sons desses instrumentos, considerados desencadeadores da ansiedade.  “Tudo para que a criança consiga se familiarizar de maneira positiva com esse universo da Odontologia”, diz

A cerimônia de revelação dos vencedores e da entrega do Prêmio Jabuti deste ano [62ª edição] está agendada para o mês de setembro. O livro de Bianca pode ser adquirido pelo site da editora Inverso [editorainverso.com.br].

Do colégio à universidade

Foto: Divulgação | Bianca Fiorentin Moura com seu livro.

O livro de Bianca é resultado de suas pesquisas de mestrado. Ela conta que sempre gostou de ler e escrever. “Gostava de literatura infantil e no colégio também gostava quando a professora pedia para fazer redação… O despertar para a produção desse livro foi a necessidade de unir o útil ao agradável: queria muito escrever um livro de literatura infantil e, no mestrado, percebi um bom motivo para isso”.

E se tem boas lembranças do tempo da graduação, na Unipar, a resposta é enfática: “Com certeza! Meu maior incentivador para seguir nessa especialidade foi o professor da disciplina de Odontopediatria, Júlio César Sandrine. Sua aula sobre psicologia infantil era justamente a minha favorita”.

(Assessoria)

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.