Umuarama

Umuarama registrou a terceira morte de mulheres por coronavírus

Ocorreu na noite desta terça-feira, 23 de junho – a terceira morte provocada pela Covid-19 em Umuarama. A vítima é uma mulher de 45 anos com referência de comorbidade (hipertensão), que teve agravamento do quadro de saúde e não resistiu às complicações decorrentes. Estava internada no Hospital Uopeccan desde o início do mês.

Simone Delanheze Vacari era servidora pública estadual lotada no Núcleo Regional de Educação de Umuarama, desde junho de 2008. Atuava no Departamento de Recursos Humanos – Paraná Previdência. O órgão decretou luto de 1 dia em memória da servidora. O sepultamento será realizado de acordo com os protocolos recomendados pela Organização Mundial da Saúde.

Umuarama havia registrado mais 8 casos de Covid-19 na última terça-feira, elevando o número de umuaramenses infectados pelo novo coronavírus para 78. O número de casos suspeitos também aumentou.

Até o momento, a cidade de 110 mil habitantes conta com 3 mortes, 3 pacientes hospitalizados e 27 pessoas em isolamento domiciliar, monitoradas pelo Centro de Operações de Enfrentamento à Covid-19 (COE) Municipal. Também há 46 pessoas já recuperadas.

Três mulheres

As mortes ocorridas em decorrência de contágio pelo coronavírus em Umuarama são de mulheres. O primeiro óbito ocorreu em 29 de abril, vitimando uma mulher de 61 anos de idade que teria contraída o vírus durante visita a familiares em São Paulo. Ela fora internada no dia 14 daquele mês, após apresentar os sintomas da doença.

O segundo óbito foi registrado no dia 17 de junho. Faleceu uma jovem de 26 anos, moradora do Distrito de Santa Elisa. Ela era portadora de doença mental, e assistida pela AAPA.

A terceira morte é o da servidora estadual Simone Vacari, de 45 anos, hipertensa, ocorrida na noite de 23 de junho.

(Editoria Milênio) 

Foto: Rede Social | Simone Vacari.

 

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.