Região

Vigilância Sanitária interdita áreas públicas em Pérola

A Secretaria de Saúde de Pérola, através do Departamento de Vigilância Sanitária, interditou as academias da melhor idade e o parquinho infantil com o objetivo de reduzir os impactos do coronavírus na cidade.

As medidas restritivas foram adotadas na semana passada, e seguem as orientações do Ministério Público da comarca.

Segundo a secretária de Saúde, Rosângela Guandalin, os espaços interditados possuem um alto grau de infecção e por isso só poderão ser reutilizados após a passagem desta pandemia.

O uso do hipoclorito de sódio tem sido outra arma utilizada pelo governo municipal para combater os riscos de infecção com o novo coronavírus. Os locais públicos e privados com grande concentração de pessoas são pulverizados semanalmente para desinfecção destes ambientes.

Além disso, as autoridades municipais têm orientado a população sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais públicos e privados. O município ainda não tem registro de pessoa contaminada pelo vírus, mas está em alerta para, se necessário, enfrentar a situação de acordo com os protocolos do Ministério da Saúde.

O combate e a prevenção do covid-19 é o maior desafio enfrentado pela sociedade no século atual e exige a participação, colaboração e compreensão de todos.

(Assessoria)
Foto: Divulgação | Parques infantis e academias da saúde foram interditados.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.