Policial

Polícia Civil do Paraná começa usar avião bimotor

A Polícia Civil do Paraná passou a operar uma nova aeronave no dia 24 de abril. Trata-se de um avião bimotor modelo Beecheraft Baron B-58. A aeronave de asa fixa completa o Grupamento de Operações Aéreas (GOA), que já possui três helicópteros atuando em serviços de polícia judiciária.

A aeronave é resultado de perdimento da justiça em favor da PCPR. A determinação é da 23a Vara Federal de Curitiba. O avião foi apreendido pela Polícia Federal, durante a Operação Enigma, em 2017. Esta é a terceira aeronave destinada à instituição para operações policiais em virtude de determinação judicial.

A nova aeronave possui autonomia de 5 horas/voo, transporta seis pessoas, sendo quatro passageiros e dois pilotos, e voa em qualquer horário do dia por instrumento ou voo visual. Isso proporcionará a otimização dos serviços já realizados pela Polícia Civil. Tais como o transporte imediato de equipes policiais para qualquer região do Estado em pouco tempo, mapeamento em áreas de crime, acompanhamento de abordagens e monitoramento de crimes ambientais.

O avião também será utilizado como plataforma de observação de veículos e caminhões que, eventualmente, estejam realizando transporte de entorpecentes e demais ilícitos para dentro e fora do Paraná, bem como no transporte seguro de detentos de alta periculosidade.

Além disso, a aeronave de asa fixa também prestará apoio, sempre que necessário, no transporte de órgãos e demais urgências relacionadas ao novo coronavírus.

(Assessoria)

Foto: Divulgação | Avião com autonomia de 5 horas de voo transporta 6 pessoas.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.