Umuarama

Comércio de Umuarama continuará fechado até 5 de abril

Um novo decreto publicado pela Prefeitura de Umuarama prorrogou o prazo de vigência das medidas de enfrentamento da epidemia do novo coronavírus (Covid-19). Entre elas está a manutenção do comércio fechado até o dia 5 de abril. É possível que, dependendo do quadro de risco de contágio de pessoas no município, a reabertura de estabelecimentos comerciais seja feita de forma gradativa.

De acordo com o decreto, está prorrogado o fechamento do comércio, indústria e setor de serviços – desde que não sejam atividades essenciais – até dia 5 de abril (domingo). A explicar a decisão, contudo, o prefeito Celso Pozzobom disse que ao longo da semana pode ocorrer a liberação da abertura gradual de algumas atividades, conforme a evolução do coronavírus em Umuarama. Já foi registrado o primeiro caso positivo na cidade – um homem, na faixa dos 30 anos –, além do aumento para 49 notificações (com 16 suspeitas descartadas e 32 pessoas em acompanhamento).

Pozzobom disse que o planejamento de 15 dias de isolamento social está mantido e que Umuarama já superou mais da metade desse período. “Não vamos relaxar agora, que estamos conseguindo manter a infecção aparentemente sob controle. Precisamos que a população mantenha os cuidados, a higiene das mãos, evite aglomerações e não fique passeando pelas ruas, se expondo ao vírus que já está em nossa cidade. Crianças, jovens e principalmente idosos precisam permanecer em casa”, orientou.

Antes de estender as medidas, o prefeito e a equipe que acompanha a evolução do coronavírus ouviram especialistas do setor, representantes dos hospitais, o Ministério Público e diversas lideranças empresariais e da sociedade durante reunião na última sexta-feira (27). “Apesar das divergências, principalmente sobre o impacto econômico desse período de restrições ao funcionamento do comércio, estamos seguindo as orientações da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde, que acompanham o quadro mundial da Covid-19 e definem as estratégias necessárias para enfrentar essa situação”, reforçou Pozzobom.

O prefeito lembrou que a situação está se agravando em cidades próximas de Umuarama, como Cianorte – com 7 casos confirmados. Maringá tem 110 casos sob investigação e 9 confirmados. As duas primeiras mortes aconteceram esta semana. “Das 50 pessoas internadas, 18 ocupavam leitos de UTI, sendo 19 crianças (cinco em UTI). Diferente do restante do mundo, a Covid-19 está afetando adultos jovens e também crianças em nosso Estado. Temos de reforçar os cuidados”, recomendou.

(Assessoria)

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.