Paraná

Morreu o fundador da Cooperativa C.Vale

Morreu aos 98 anos de idade, o fundador da C.Vale, Marcelino Afonso Neis. Gaúcho de Marcelino Ramos, ele foi o primeiro prefeito eleito de Palotina, no Oeste do Paraná, cidade com 32 mil habitantes.

Apaixonado pelo cooperativismo, dizia que seu sangue era azul como a C.Vale. “Ele bate ligeiro, satisfeito e forte. Se eu pudesse abrir o peito e mostrar o meu coração, as pessoas veriam o quanto eu gosto da C.Vale”, revelou emocionado em umas de suas entrevistas.

Dos 24 fundadores, na década de 60, Marcelino Neis era o único associado vivo que continuava operando com a C.Vale e fazia questão de participar de todos os eventos importantes da cooperativa, como assembleias, inaugurações e seminários motivacionais. “Quero permanecer como sócio até o fim da minha vida”, enfatizava. E a promessa foi cumprida.

Para o presidente da C.Vale, Alfredo Lang, Neis foi um empreendedor corajoso ao liderar a criação da cooperativa numa época de grandes dificuldades e desconfianças. “O seu maior legado, com certeza, é a semente fértil do cooperativismo que semeou e cultivou no coração de todos nós e que vai continuar dando bons frutos por muitas gerações”, enfatizou Lang.

(Assessoria)
Foto: Divulgação | Cooperativa C.Vale, uma das maiores da América do Sul.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.