Paraná

Dengue matou idosas em Douradina e Xambrê

O Paraná já registra 26.692 casos confirmados de dengue. São 6.129 casos a mais que a semana anterior (20.563). O aumento é de 29,81%. O número de mortes provocadas pela doença subiu para 23. Umuarama tem mais de 500 casos e a prefeitura instalou ambulatório exclusivo para atender pacientes.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, 10 novos casos de óbitos por dengue foram confirmados e o total agora sobe de 13 para 23. O período de monitoramento teve início em 28 de julho de 2019. Na área da 12ª Regional de Saúde de Umuarama ocorreram duas mortes: em Douradina e Xambrê.

Os óbitos acometeram principalmente pessoas idosas, portadoras de outras doenças e aconteceram nos municípios de: Alto Paraná, com registro de duas mortes, um homem de 62 anos, portador de hipertensão e, outro homem de 82 anos, com diabetes e hipertensão.

Foz do Iguaçu, um homem de 76 anos, que tinha como fator de risco doença crônica no fígado.

Medianeira, um homem de 90 anos, com insuficiência renal crônica.

Douradina, uma mulher de 81 anos, com hipertensão arterial e doença cardíaca.

Xambrê, uma mulher de 80 anos, portadora de hipertensão.

Terra Rica, um homem de 65 anos, portador de diabetes e pressão alta.

Santa Mônica, uma idosa de 73 anos.

Sarandi, uma mulher de 26 anos, sem comorbidades.

Maringá, uma menina de 7 anos que também não apresentou comorbidade associada.

Estado de Alerta 

Na última quinta-feira, dia 13, o governador do Paraná, Ratinho Junior decretou Estado de Alerta para combate e controle da dengue no Estado. Entre as considerações do decreto, além do aumento de mais de 6.657,47 % em relação ao mesmo período do ano anterior, está a sazonalidade da doença que aponta aumento nos próximos meses. O verão é a época mais propícia à proliferação do mosquito Aedes Aegypti por causa das chuvas; qualquer acúmulo de água parada por formar criadouro do mosquito.

78 municípios estão em situação de epidemia para a dengue no Paraná, 16 entraram para a relação nesta semana: Alto Paraíso, Alto Piquiri, Altônia, Cafezal do Sul, Nova Olímpia, Perobal, Xambrê, Amaporã, Cruzeiro do Sul, Jardim Olinda, São Carlos do Ivaí, Ourizona, Santo Inácio, São Jorge do Ivaí, Ibiporã e Ouro Verde do Oeste.

Outros 40 municípios estão em estado de alerta.

O município que registrou maior número de casos confirmados na semana epidemiológica foi Paranavaí com 1.123 registros. Foz do Iguaçu com 503 casos e Bandeirantes cm 276 novos casos.

Sinais – O boletim desta semana traz 64 municípios que apresentam casos de dengue com sinais de alarme. Isso significa que as pessoas infectadas estão sendo acompanhadas clinicamente para que a doença não evolua para a forma grave. São 76.285 notificações no Estado que abrangem 325 municípios.

(Assessoria)

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.