Paraná

Paraná também iniciou a maior colheita de soja

Começou a colheita da soja no Paraná. São 5,5 milhões de hectares semeadas no Estado na safra 2019/2020, segundo levantamento do Departamento de Economia Rural (Deral), ligado à Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Seab).

Na região de Umuarama – com 23 municípios – a área cultivada atinge 177.607 hectares. De acordo com dados divulgados pelo Deral, houve um aumento da área de soja em relação à safra passada, que foi de 169.200 hectares.

A produtividade média para esta safra na região é estimada em 3.500 quilos por hectare. O engenheiro agrônomo Antônio Carlos Fávaro lembra que a falta de chuva nos meses de setembro e outubro 2019 prejudicou o plantio da soja, mas mesmo assim a produção a ser obtida não deverá frustrar os produtores.

Em Palotina (Oeste) foram cultivados 42 mil hectares. Segundo o engenheiro agrônomo da C.Vale, André Borin, a produtividade observada até o momento está em torno de 50 sacas por hectare. A expectativa inicial era de 55 sacas por hectare.

“Temos potencial bem alto. Algumas lavouras estão colhendo acima do que o aspecto demonstra. Ainda é cedo para falar, mas o rendimento final pode fechar acima do esperado inicialmente”, diz. O pico dos trabalhos em Palotina deve acontecer entre 15 e 20 de fevereiro, quando 70% da área deve estar em ponto de colheita.

Em Cascavel, a colheita de soja acontece na área na região da Cooperativa Coopavel, que atua nos municípios do Oeste e Sudoeste do Paraná, segundo a consultoria Safras. O rendimento inicial está estimado em 3.600 quilos por hectare. “Mas a tendência é melhorar, pois a produtividade das lavouras plantadas mais cedo é pior”, diz um consultor.

Segundo a cooperativa, as lavouras ainda não colhidas precisam de chuvas. “A última precipitação foi no dia 16”, destaca. Cerca de 39% estão em fase de maturação e o restante em enchimento de grão. Foram cultivados 339 mil hectares com soja nesta temporada.

O mais recente levantamento de Safras & Mercado estima uma área cultivada para o estado de Paraná de 5,560 milhões de hectares de soja na safra 2019/2020, alta de 0,2% ante os 5,552 milhões de hectares registrados na safra anterior.

A produção de oleaginosa deverá atingir 19,916 milhões de toneladas, 17,9% acima das 16,898 milhões de toneladas colhidas na safra 2018/2019. O rendimento médio previsto deve ficar em 3.600 quilos por hectare, acima dos 3.060 quilos por hectare obtidos na temporada anterior (2018/2019).

A expectativa atual é que o Brasil consiga colher a maior safra de soja de sua história, somando 123 milhões de toneladas, segundo dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). De quebra, se confirmar esta previsão, o país se tornará o maior produtor de soja do mundo, ultrapassando os Estados Unidos.

(Assessoria)

Foto: Reprodução | Colheita de soja na região de Umuarama .

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.