Policial

Policial rodoviário morreu vítima de atropelamento em serviço

O Policial Rodoviário Vladimir Benedito Struck, 45, faleceu na madrugada desta sexta (10) no Hospital Santa Casa de Campo Grande (MS). Ele foi vítima de atropelamento na noite anterior, nas proximidades da BR-060, em Sidrolândia, enquanto desempenhava suas funções, a 8 km do Posto de Fiscalização da PRF.

Conforme informações do boletim de ocorrência, Vladimir foi atropelado por uma caminhonete Ford F-1000, conduzido por um homem de 73 anos, na estrada do Capão Seco, a 5 quilômetros da BR-060. Ele estava no local com mais dois policiais controlando o fluxo de veículos no trecho onde havia acontecido um acidente de trânsito.

Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros inconsciente, com um corte na cabeça e com múltiplas fraturas pelo corpo. Levado para a Santa Casa de Campo Grande, não resistiu aos ferimentos e morreu nesta madrugada.

O corpo do policial foi necropsiado no IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) e levado para Sidrolândia, onde é velado e será sepúltado.

O motorista da caminhonete será indiciado por homicídio culposo na direção de veículo automotor. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Carreira

Atualmente lotado na Superintendência da PRF em Mato Grosso do Sul, o agente Struck há 25 anos veio se destacando no cumprimento da missão institucional por onde passou. Dentre os colegas e até mesmo dentre as forças de segurança pública é reconhecido pela sua dedicação e expertise no trabalho de combate à criminalidade.

Durante as mais de duas décadas, Struck não só vivenciou a rotina operacional como também foi um importante multiplicador de conhecimento dentro da instituição. Além dos colegas com os quais ele compartilhava seus plantões, o policial também repassou técnicas e experiências a dezenas de outros policias.

Oriundo da segunda turma de instrutores da PRF, Struck participou, com referência, do Curso de Formação Profissional 2012 e sempre esteve presente nas atividades posteriores de capacitação, colaborando com o fortalecimento do ensino na instituição. Além de ser instrutor da disciplina de Enfrentamento ao Tráfico de Drogas, Armas e Munições, o policial era também instrutor de Docência no Curso de Formação de Instrutores da PRF. Atuou no Núcleo de Ética e Disciplina da corporação.

Na política

Policial Struck também era atuante na atividade política. Na última eleição ficou como terceiro suplenete para deputado estadual. Para este ano, o plano dele era a candidatura a prefeito de Sidrolândia, pelo Patriotas.

Struck era casado e tinha uma filha. Sua morte trágica no exercício da profissão deixou consternados os colegas de trabalho.

Editoria Milênio)

 

Foto: Arquivo Pessoal | Vladimir Struck teve atuação política.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.