Policial

Ladrões estão roubando cargas de farelo de soja na região

Cargas de farelo de soja também se transformaram em alvos de ladrões no Paraná. Várias ocorrências dessa natureza foram registradas pela Polícia Rodoviária nos últimios meses, inclusive em Umuarama, quando um  motorista foi mantido refém no interior de uma perua Van e levado para a a região de Cianorte. Nesse caso, dois semi reboques foram levados com o produto e o cavalo mecânico abandonado em um posto de combustíveis na PR-323.

 O farelo de soja é o subproduto obtido após a extração do óleo do grão da soja. Pela cotação nos estados de Mato Grosso e Rio Grande do Sul, o preço médio da tonelada do produto é comercializado entre R$ 1.200,00 e  R$ 1.400,00. É aplicado principalmente como suplemento alimentar de animais. 
Na manhã de 9 de janeiro, por volta de 8h30, patruleiros rodoviários do Posto de Assis Chateaubriand foram avisados sobre a existência de um caminhão bitrem abandonado às margens da Rodovia PR-317 – proximidades do Km 360 entre Bragantina e Toledo.

A equipe deslocou ao local e constatou tratar-se de um Caminhão trator Iveco, ano 2010, com placas de Primavera do Leste (MT), e 2 semi reboques Guerra branco,  ano 2007 de Rondonópolis (MT). Após consulta foi constatado que tratava-se de produto de roubo na cidade de Guaíra no dia anterior. O veículo foi tomado em assalto. 

O caminhão transportava 38 toneladas de farelo de soja e foi recuperado sem a carga, que possivelmente havia sido levada pelos ladrões. Após lavratura do Boletim de Ocorrência, o veículo foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Assis Chateaubriand para as providênvias cabíveis.

(Editoria Milênio)

Foto: Divulgação | Bitrem foi abandonado sem a carga de farelo de soja.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.