Policial

Policial aposentado mantinha armas e munições em casa

Um policial militar aposentado, de 50 anos, residente em Tapejara, foi alvo de uma operação autorizada pelo Poder Judiciário de Cianorte. Ele é acusado de cometir agressões físicas a uma filha de 13 anos. Em casas mantidas por ele foram apreendidas armas e munições.

A operação de busca e apreensão foi executada por policiais da Rotam do 7º Batalhão da PM de Cruzeiro do Oeste, na manhã de quarta-feira (18). De acordo com informações prestadas pelo Oficial de Comunicação do BPM, aspirante Omar Bail Filho, a investigação do acusado foi iniciada pela Delegacia da Mulher e 21ª Subdivisão Policial da Polícia Civil de Cianorte.

Conforme o oficial, os fatos que originaram a investigação versam sobre práticas constantes de agressões físicas do policial militar aposentado a sua filha adolescente. Ela teria sido espancada por ele no dia 29 de novembro deste ano nas cidades de Tapejara e Cianorte, provocando lesões no rosto, pernas, braços, costas e boca. De acordo com o que foi apurado, essas agressões se iniciaram em Tapejara por volta das 23h, e na sequência o policial aposentado teria levado a vítima até Cianorte, agredindo-a durante todo o trajeto, e posteriormente a deixado na residência da ex-mulher, mãe da garota.

Consta da denúncia que esse mesmo policial militar, em 25 de agosto de 2014, realizou dezenas de disparos de arma de fogo, calibre .40, na residência da ex-mulher, moradora no Conjunto Aeroporto em Cianorte. Por conta desse delito, ele permaneceu preso por alguns meses na sede do 7º BPM.

Armas de fogo e munições 

Foto: Divulgação | Espingardas, garruchas, estojos e municções aprendidos na operação.

Durante a operação foram apreendidas armas de fogo e munições que o policial acusado mantinha em quatro residências em Tapejara. A ação resultou na apreensão de 8 armas de fogo, sendo 3 garruchas calibres 32 e 22 e 5 espingardas de calibres 12, 20, 36 e 38, além de 1.175 estojos (munição já utilizada), e 165 cartuchos intactos (de diversos calibres .12, .22,. 28, .36, .38,.380, .40,.44, .45, 9mm, 7,65, e 7,62.

Ainda foram apreendidas mais 5 armas na residência de um dos alvos (pessoa civil de 53 anos de idade), o qual fabrica armas artesanalmente, e uma delas seria do PM aposentado. Diante dos fatos, o policial e mais essa pessoa foram encaminhadas até a 17ª Delegacia de Polícia Civil de Cruzeiro do Oeste, para as providências cabíveis.

(Assessoria)

Foto: Divulgação | Armas industriais e de fabricação artesanal recolhidas pela PM.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.