Umuarama

Homem agredido morre no hospital e órgãos são doados

Uma equipe médica especializada realizou na terça-feira (3) no Hospital Uopeccan de Umuarama, uma operação para retirada de órgãos para transplantes. O doador é um homem de 40 anos, que morreu vítima de agressões físicas após um desentendimento no bairro Jardim  Alvorada, no final de semana.

De acordo com uma nota emitida pelo hospital, a morte encefálica do paciente Anderson Felizardo Nunes, de 40 anos, foi confirmada na segunda-feira (2) e família autorizou a doação.

Encaminhado pelo Samu Noroeste, o paciente deu entrada no hospital no último sábado (30), em estado grave, com ferimentos no tórax e cabeça. Segundo o médico socorrista, possivelmente produzidos por gol,pes de madeira ou pedra. O acusado pelas agressões foi preso em flagrante por policiais militares e alegou motivos passionais, não demonstrando arrependimento.

A vítima passou por um procedimento cirúrgico e consequentemente encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), não resistindo.

Após a confirmação da morte encefálica a família optou pela doação dos órgãos fígado, pâncreas e coração. O destino dos órgãos ainda não foi confirmado.

Foto: Reprodução | Imagem ilustrativa.

 

 

 

 

 

 

Doação de órgãos

A doação de órgãos é um ato que pode salvar vidas. Em muitos casos, o transplante de órgãos pode ser a única esperança de vida para aqueles que necessitam de doação. É necessário que a população se conscientize da importância do ato de doar um órgão. O transplante de órgãos é um procedimento cirúrgico que consiste na reposição de um determinado órgão que são doados para uma pessoa que necessita e que se encontra na fila de transplante de acordo com o grau de urgência.

Como fazer a doação após a morte de um familiar?

Um dos membros da família pode manifestar o desejo de doar órgãos e tecidos ao médico responsável pelo paciente ou à equipe responsável pela captação de órgãos do hospital.

Como é realizada a cirurgia para a retirada dos órgãos?

A cirurgia é como qualquer outra, todos os cuidados durante o procedimento são obrigatórios.

Após a retirada dos órgãos e tecidos, o corpo é liberado para sepultamento sem qualquer deformidade.

Doação em vida

A doação entre vivos também é possível, como no caso do rim, órgão duplo. O doador vivo, necessita ter boas condições de saúde – de acordo com a avaliação médica.

Órgãos e tecidos que podem ser obtidos através de um doador vivo

– Rim

– Medula óssea

– Fígado (uma parte)

– Pulmão (uma parte)

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Jornal Milênio
Jornal Terceiro Milênio. Inconfundível. Desde 1997 comunicando e transmitindo informações. Umuarama - Paraná - Brasil.