Umuarama

Usina vai transformar entulhos em cascalhos para estradas

Uma usina de triagem e britagem em breve irá transformar entulhos em cascalhos para aplicação em estradas rurais de Umuarama. A unidade de reciclagem está em fase de implantação no Aterro Sanitário Municipal para reaproveitamento de materiais dispensados em obras.

A proposta, com este investimento, é reduzir o volume de rejeitos dispensados na natureza e produzir cascalho para utilização em estradas rurais a partir dos detritos que resultam da construção civil.

Foto: Divulgação | Usina vai funcionar no Aterro Sanitário.

Nos últimos dias, a esteira já foi colocada em funcionamento para testes e o resultado agradou. “A usina produzirá três tipos de cascalho de ampla utilização na conservação de estradas rurais e ruas sem pavimentação. Teremos pedras grossas, médias e finas, com separação de ferragem e capacidade de produção de até 20 metros cúbicos por hora”, explicou o diretor de Meio Ambiente do município, Matheus Michelan Batista.

O diretor lembra que hoje em dia o entulho é armazenado no aterro ou em espaços particulares, pelas empresas de caçamba, mas parte do material acaba sendo dispensado de forma irregular em terrenos baldios, aterros e fundos de vale. “As empresas serão orientadas a realizar uma triagem após o recolhimento das caçambas, separando plásticos, madeira, pneus, papel e isopor e destinando apenas o material apropriado para a reciclagem”, acrescentou Matheus Batista.

A triagem também será feita na usina, que em princípio funcionará com três operários. Entre aquisição e instalação, o investimento do município é de R$ 479 mil em recursos próprios. A operação da usina auxiliará o setor de Serviços Rodoviários a melhorar as condições das estradas, na visão do prefeito Celso Pozzobom.

“Temos quase 600 km de estradas não pavimentadas, que exigem cuidados constantes. O cascalhamento é um serviço que reduz essa necessidade de manutenção e garante melhores condições de trânsito para os moradores da zona rural, no deslocamento e no escoamento da produção”, apontou o prefeito. “Onde ainda não é possível a pavimentação asfáltica, o cascalho é uma ótima opção e com produção própria poderemos atender mais estradas”, finalizou.

(Assessoria)

Foto: Divulgação | Usina já passou por testes.

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.