Região

Terra Roxa instala câmeras de segurança

A cidade de Terra Roxa ganhou um sistema de monitoramento por câmeras. O sistema foi adquirido com recursos levantados pelo Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca. Uma solenidade de inauguração será realizada neste dia 21 de novembro, com a presença de autoridades políticas e representativas da área segurança pública, além de empresários.

Os recursos do projeto vieram de pagamentos previstos em Termos de Ajustamento de Conduta (TAC), firmados pelo MPPR, e da venda em leilão de veículos apreendidos – com base no artigo 328 do Código de Trânsito Brasileiro. Antes de serem leiloados, os veículos ficavam estacionados nas ruas ao redor da Delegacia de polícia Civil local, o que propiciou a formação de focos do mosquito da dengue e problemas de visibilidade nas vias públicas (causando inclusive acidentes em cruzamento).

Sistema

Inicialmente, serão instaladas seis câmeras em pontos estratégicos da cidade, como nas saídas e em locais de grande fluxo de veículos e pessoas. Os equipamentos permitirão a identificação de placas de veículos e, em alguns casos, de pessoas. O monitoramento das imagens será feito pelas polícias Civil e Militar e o custo de manutenção das câmeras será coberto pelo Município.

Além das seis câmeras inicialmente instaladas, com investimento de R$ 70 mil, novos equipamentos poderão ser integrados ao sistema. A novidade é que os moradores interessados poderão comprar câmeras para filmar as ruas em que moram por exemplo, e integrá-las ao sistema.

Terra Roxa (17 mil habitantes) está localizada em região de fronteira do Brasil com o Paraguai, onde diversas ocorrências de ilícitos – contrabando e tráfico – são registradas. Também, crimes de homicídios e roubos. As autoridades esperam que o videomonitoramento contribua para a redução da criminalidade no município.

(Assessoria)

Foto: The Cities | Área central de Terra Roxa.
Foto: Ilustrativa | As câmeras serão monitoradas pela polícia.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.