Região

Comarca de Iporã institui o programa ‘Amar é Recomeçar’

 (Assessoria)

Na cidade de Iporã (55 km de Umuarama), o Poder Judiciário criou o projeto “Amar é Recomeçar”, que funciona em parceria com a prefeitura. O programa passou a atuar no município no fim de outubro do ano passado e tem como objetivo acompanhar os homens que são acusados de violência doméstica.

De acordo com o magistrado José Guilherme Xavier Milanezi, a iniciativa é um desdobramento do programa “Mulheres com Voz”, organizado no município para dar assistência às vítimas de agressores enquadrados na Lei Maria da Penha.

O Juiz disse ainda que a ideia é entender a realidade dessas pessoas e buscar formas de não repetirem a conduta. “Muitas vezes pode ser um problema com o alcoolismo ou mesmo o fato de ter vivido em um contexto de violência. É preciso tratar disso”, explicou.

Na Comarca foram registrados aproximadamente 200 casos de violência doméstica, sendo que cerca de 130 estão na fase de inquérito policial e outros 70 já se tornaram ações penais. Os números são de 2016 até meados de outubro de 2017.

O magistrado José Guilherme Xavier Milanezi esclarece que “o atendimento é basicamente assistencial e psicológico, justamente para que os motivos que levaram à agressão sejam compreendidos e trabalhados, seja para que a família seja reestruturada, seja para que especialmente a mulher consiga se desvencilhar de um relacionamento complexo, tudo visando à sua autonomia e à sua independência.”

Foto: Gilmar Gil | Fórum da Comarca de Iporã.

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.