Universitário

Acadêmicos apresentaram protótipo de carro em colégio

(Assessoria)

Alunos do terceiro ano do ensino médio do Colégio Monteiro Lobato, de Umuarama, tiveram uma aula de física diferente. Eles foram convidados para participar da apresentação do protótipo de um automóvel montado por estudantes de Engenharia Mecânica da Universidade Paranaense – Unipar.

A aula aconteceu no ginásio de esportes do colégio, onde foi levado o ‘esqueleto de carro’. É a primeira vez que ele sai da Unipar. Desde que foi montado, há três anos, tem dado suporte a palestras sobre segurança veicular, ministradas para visitantes, na Unipar.

Os alunos do Monteiro receberam com empolgação a novidade. Todos ficaram atentos às explicações dos acadêmicos, que falaram sobre o projeto e como ele tem sido utilizado para fins educacionais. A ideia é levar o jovem a aprender sobre dispositivos de segurança de um veículo e a refletir sobre causas de acidentes no trânsito.

O professor do curso de Engenharia Mecânica, Alexandre de Castro Salvestro, supervisionou a aula dos acadêmicos, que foi acompanhada também pelo professor de física do colégio, Wesley Eduardo Cordeiro. Ele aprovou a iniciativa: “Uma aula como esta é interessante porque leva o aluno a valorizar o que ele estuda na escola. Aqui ele está vendo que o conhecimento é aplicado”.

O diretor  Wilson Batista da Silva recepcionou a equipe da Unipar. “Recebemos com prazer este evento, pois serve para aproximar nossos alunos a assuntos da universidade e, de certa forma, torna-se um incentivo para eles continuarem os estudos”, comentou.

No vestibular de domingo (3), o curso de Engenharia Mecânica esteve entre os mais concorridos, mas é possível que sobrem vagas. Se isso acontecer, o curso será incluído na lista do Módulo II (processo seletivo das vagas remanescentes). Mais informações no www.unipar.br/vestibular.

Foto: Divulgação | Apresentação do protótipo do carro aos alunos do Colégio Monteiro Lobato.

 

Fioto: Divulgação | Protótipo de carro apresentado no Colégio Moneiro Lobato – Zona II.

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.