Universitário

Unipar aplica tecnologia para ensino semipresencial

A Universidade Paranaense promoveu um encontro entre proprietários, jornalistas e outros profissionais de veículos de comunicação das regiões de abrangência da Instituição para o lançamento da modalidade de ensino semipresencial e, também, para celebrar o convênio firmado com a Google for Education.

O diretor nacional da plataforma, Alexandre Campos, veio de São Paulo para participar. Com ele também veio o diretor da Nuvem Mestra, Raul Ishikawa. Campos elogiou a iniciativa da Unipar, confirmando que a Instituição é uma das primeiras do Brasil a aderir a este processo moderno de ensino-aprendizagem. “Estou feliz por celebrar com vocês esta parceria; este grande passo de inovação que a Unipar está dando é, acima de tudo, uma prova de coragem para enfrentar o novo. Com este exemplo, a Unipar inspira outras universidades a fazer o mesmo”, destacou, lembrando que as metodologias ativas do Google for Education estão sendo difundidas mundo afora.

“A tecnologia pode, sim, ser uma grande aliada do professor”, emendou Campos, que é pós-graduado na área pela Universidade da Califórnia. “Trabalhar para melhorar a educação no Brasil é um dever de todos”, sublinhou, ao falar sobre a necessidade da modernização das metodologias de ensino.

“O que me motiva nesse processo é saber que estamos juntos com o Google for Education, abrindo oportunidades de escolha para nossos alunos”, disse o Reitor Carlos Eduardo Garcia. Ele admite que está dando um passo ousado nesta nova empreitada, mas é um passo necessário e certeiro para a Universidade Paranaense se manter firme no seu propósito de oferecer sempre ensino de qualidade.

Os cursos de Odontologia da Unipar já usam, com resultados bastante positivos, as metodologias ativas há mais de um ano. “Divido o mérito de todo o sucesso já alcançado neste processo à equipe capitaneada pelo meu irmão [diretor de Assuntos Comunitários da Unipar] Cássio Garcia. Sei o quanto todos estão comprometidos em avançar muito mais”, afirmou o reitor.

Antes, as diretoras Fernanda Garcia Velasquez, Irinéia Baretta e Giani Colauto e o coordenador do curso de Odontologia da Unidade de Cascavel, Laerte Bremm, fizeram uma explanação sobre toda a logística utilizada pela Unipar junto ao Google for Education. A coordenadora do curso de Odontologia da Unipar/Umuarama, professora Cintia Araújo, participou da palestra via web, do Rio de Janeiro. As diretoras da Unipar também enfatizaram que ensino inclusivo é a grande aposta da Unipar para o próximo vestibular, que passa a oferecer 36 opções de cursos semipresenciais – entre eles, 11 são da área de engenharia e 13, tecnológicos. 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.