Umuarama

Nova rede de galeria pluvial na Avenida Ângelo Moreira

A Prefeitura de Umuarama está implantando uma grande rede de galerias pluviais que vai atender a região do Conjunto Habitacional Sonho Meu. Por suas grandes dimensões, a obra tem causado algum transtorno aos moradores da região impactada e também motoristas que trafegam pela redondeza, o que exige mais atenção e paciência.

A construção das galerias, poços de visita e caixas de ligação exige escavações profundas e a remoção da cobertura asfáltica em diversos pontos – especialmente nas ruas Macapá e Guaporé, próximo do antigo Completo Poliesportivo, e agora na Ângelo Moreira – chegando à Praça Odete Mossurunga.

A obra eliminará o problema de alagamento registrado na baixada das avenidas Guanabara, Brasil e Parigot de Souza, próximo do Colégio Estadual Bento Mossurunga.

Mas os transtornos são temporários. Os operários estão escavando as ruas com cuidado, por conta das redes de água, esgoto e comunicação (telefone e fibra óptica), que cruzam com a tubulação em vários pontos. Por isso é necessário muito cuidado e atenção, além de um pouco mais de tempo. “Contamos com a compreensão dos moradores e motoristas. À medida que a tubulação e concluída, as ruas serão recuperadas”, assegurou Isamu Oshima, secretário de Obras e Projetos.

Foto: Milênio | Proteção de cabos subterrâneios.

Duplicação de via

O prefeito Celso Pozzobom lembrou que as galerias estão no pacote de serviços da duplicação da PR-489, que vai dar lugar à Avenida Ivo Shizuo Sooma. “Primeiro faremos as galerias, depois as obras estruturais e por fim a pavimentação. Neste trecho, serão mais de 30 mil m² de asfalto novo, 20 mil m² de recapeamento e 4.600 metros de galerias pluviais, além de meio-fio e sarjeta”, explicou. O investimento é de quase R$ 7,5 milhões, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedu).

Urbanização da Ângelo Moreira

Paralela à nova avenida, o município também executa obras de urbanização na Avenida Ângelo Moreira da Fonseca, desde a Rua Tomé de Souza (final da Avenida Brasil) até o trevo do Gauchão, na PR-323 – saída para Guaíra. O trecho está ganhando galerias pluviais, novos pontos de pavimentação (1.450 m²), quase 30 mil m² de recapeamento asfáltico, 1.730 m² de galerias, além de calçadas, meio-fio e sarjeta. Nesse trecho serão investidos R$ 1.997.040,88 e prazo de execução 240 dias. As duas obras são realizadas pela Sotram Construtora e Terraplanagem.

(Assessoria)

 

Foto: Milênio | Obra vai melhorar escoamento de água na região.

 

Foto: Milênio | Tubulação com diâmetro maior.

 

 

Deixe uma Resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.