Paraná

Paraná em estado de alerta por epidemia de dengue

O Paraná atingiu a incidência acumulada de 104,73 casos por 100 mil habitantes o que significa, segundo o Ministério da Saúde, estado de alerta de epidemia de dengue para todo o Estado. O Ministério considera o alerta a partir de 100 casos para 100 mil habitantes.

A Secretaria da Saúde do Paraná também confirma mais uma morte por dengue, de um homem de 49 anos, morador de Cafelândia. Agora são 17 mortes confirmadas por dengue no Paraná. O boletim epidemiológico contabiliza os dados a partir da primeira semana de agosto de 2018 até o momento.

O boletim semanal registra 12.055 casos confirmados de dengue no Paraná. Na semana anterior foram 9.976 casos. Do total de municípios do Estado, 60 estão em situação de epidemia e 44 estão em estado de alerta. Sete cidades registraram casos autóctones (adquiridos na cidade de residência) pela primeira vez no período: Boa Vista da Aparecida, Formosa do Oeste, Indianópolis, Ângulo, Nossa Senhora das Graças, Santa Inês e Jardim Alegre.

Sintomas

A infecção por dengue pode ser assintomática (sem sintomas), leve ou grave. Neste último caso pode levar a óbito. Os sintomas são febre alta acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, náuseas e vômitos. Em alguns casos também apresenta manchas vermelhas na pele.

A forma grave da doença inclui dor abdominal intensa e contínua, vômitos persistentes e sangramento de mucosas. Ao apresentar os sintomas, é importante procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados, todos oferecidos de forma integral e gratuita por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Deixe uma Resposta