Universitário

Unipar instala parlatório na carceragem da 7ª SDP

Há de 25 anos a população carente de Umuarama tem à disposição o Sajug (Serviço de Assistência Judiciária Gratuita), projeto de extensão do curso de Direito da Universidade Paranaense – Unipar. Detentos da delegacia de Umuarama estão entre os beneficiados. Lá, professores e estagiários desenvolvem o ‘Assistência Judiciária no Cárcere’.

Criado em 2001, o projeto presta atendimento jurídico aos presos que não têm condições de pagar advogado. Com a intenção de melhorar ainda mais este serviço, a Unipar implantou, dentro da carceragem da 7ª Subdivisão Policial, um parlatório. O investimento é para facilitar a comunicação dos presidiários com visitantes e com os acadêmicos que participam do projeto e proporcionar maior segurança nesse contato.

“A equipe de profissionais e alunos do Sajug atendiam os presos em pé, pela grade, de forma bastante insegura”, conta o coordenador do Sajug, professor Luiz Irajá. Ele salienta que agora, com o parlatório, esse contato ficou mais prudente e mais respeitoso, “porque além da barreira de proteção, com a mesa de metal e o vidro, a conversa pelo interfone vai ampliar a eficácia dos atendimentos”.

Segundo Irajá, o projeto era um sonho que se tornou realidade graças à iniciativa da Reitoria, da Diretoria de Extensão Universitária e do curso de Direito da Unipar. Para construção e a compra dos equipamentos de som que compõem esse parlatório, a Unipar investiu cerca de 30 mil reais. O projeto foi elaborado por acadêmicos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil da Unipar, que fazem estágio no Escritório Modelo. Além da equipe do Sajug, os profissionais da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) também poderão utilizar o espaço.

“Temos várias parcerias com a Unipar e essa vem para contribuir ainda mais, pois, com esse isolamento, além de falar reservadamente com seu advogado, o detento poderá também receber outros atendimentos, como odontológico, religioso, psicológico”, afirma o chefe regional de carceragem, Geraldo Andrade.

Remissão de pena

Em breve outro espaço da delegacia será remodelado pela Unipar para amplos benefícios. É uma sala de aula, onde os detentos terão a oportunidade de participar do projeto de remissão de pena por meio da leitura. O convênio está sendo elaborado junto ao Departamento Penitenciário.

(Assessoria)

 

Foto: Milênio | Estagiário de Direito  conversa com preso dentro do parlatório.

 

 

Deixe uma Resposta