Umuarama

Obras de combate à erosão no Conjunto 1º de Maio

Foi iniciada mais uma grande obra de recuperação de galerias pluviais e recomposição de área degradada pela erosão em Umuarama. A frente de trabalho foi montada no Parque Primeiro de Maio – fundos do pátio rodoviário e entorno da futura escola municipal, em construção no bairro. No local, uma cratera enorme vem avançando há vários anos, às margens das nascentes do Ribeirão do Veado.

Serão construídos cerca de 480 metros de galerias, com tubos de 1,20m de diâmetro, 1 m, 80 cm e 60 cm, além de quatro poços de queda para tubulação de 1,20 m e seis caixas para as demais dimensões e um dissipador no final da rede, com reforço de trilhos de ferro e viga em concreto armado. A previsão de investimento no serviço é de R$ 250 mil.

“A tubulação será estendida até a futura escola do bairro, para evitar que a erosão seja uma ameaça à estrutura”, informou o secretário de Obras Isamu Oshima. Após a conclusão das galerias, o município vai iniciar a recuperação dos aterros. A previsão de entrega é de 60 dias.

Foto: Divulgação | Rede de galeria terá cerca de 480 metros lineares. 

Por orientação do prefeito Celso Pozzobom, a administração tem priorizado o combate à erosão, especialmente em áreas urbanas próximas a ocupações habitacionais. Nos últimos dois anos, diversas obras desta natureza foram realizadas em várias regiões. “Temos atenção especial com a drenagem pluvial por causa do tipo de terreno que compõe o solo de Umuarama, além dos transtornos e grandes prejuízos que a erosão provoca à população e ao patrimônio público”, afirmou.

Investimentos foram feitos de forma emergencial para resolver pontos de alagamentos, recuperar galerias rompidas, bocas de lobo e poços de visita. “Eliminamos erosões no Parque Industrial 3A, na Avenida Parigot de Souza, na Rua José Dias Lopes (ao lado da Apae), Jardim Beira Rio, Dom Bosco e tantos outros bairros, bem como em estradas rurais. É um trabalho que esteve abandonado por muito tempo, por isso surgiram tantos focos”, comentou o prefeito.

Outras obras foram implantadas para melhorar a drenagem e eliminar pontos de alagamentos na Avenida Guanabara, no Conjunto Ouro Branco, Parque Tarumã, entorno do poliesportivo e diversos outros locais.

(Assessoria)

Foto: Divulgação | Obras devem ser concluídas em 60 dias.

Foto: Divulgação | Cratera avançou às margens do Ribeirão do Veado.

Foto: Divulgação | Investimento de R$ 250 mil. 

 

Deixe uma Resposta