Policial

Homens usariam cães para caça ilegal na região

Ação da Polícia Ambiental de Umuarama na madrugada de domingo (24) culminou na prisão de três homens que estavam se organizando para caçar animais silvestres em áreas de matas localizadas entre Maria Helena e Cruzeiro do Oeste. Eles foram enquadrados em quatro crimes.

Após receber denúncias sobre a intenção dos suspeitos, a equipe policial realizou monitoramento do local durante a madrugada, em Cruzeiro do Oeste (30 km de Umuarama). E por volta das 6h, a equipe fez abordagem do grupo culminando na prisão 3 pessoas. Duas delas ainda tentaram empreender fuga em uma picape, ao visualizarem os policiais, sendo necessário acompanhamento tático em deslocamento pela rodovia PR-477, mas foram alcançadas.

Na ação foram localizadas e apreendidas duas espingardas calibres 36 e 28 que estavam escondidas sobre o motor do veículo, com a tampa do capô fechada. Também cartuchos intactos, facas, lanternas, sacos plásticos, 9 rádios de comunicação e dois aparelhos de telefone celular. Dez cães da raça americana eram mantidos na caçamba da picape em condições precárias, caracterizando maus tratos. Pela quantidade de rádios em posse do grupo, suspeitou-se que maior número de elementos participaria de caçadas na região.

De acordo com a polícia, os envolvidos são moradores de Maria Helena, Maringá e Paiçandu e deverão ser enquadrados nos crimes de porte ilegal de arma de fogo, desobediência, maus tratos aos animais e associação criminosa. Todos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil de Cruzeiro do Oeste. Nomes não foram revelados.

(Da Redação)

Foto: Divulgação | Cães que seriam usados na caçada frustrada.

 

Foto: Divulgação | Cães da raça Americana.

Deixe uma Resposta