Policial

Depósito de contrabandistas em aldeia indígena

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) descobriram na manhã de terça-feira (12) um depósito clandestino utilizado por uma quadrilha de contrabandistas dentro de uma aldeia indígena em Terra Roxa (110 km de Umuarama).

Dentro do imóvel, construído com sobras de madeiras, havia diversos fardos de cigarro, essência de narguilé, drones, pneus, entre outros produtos trazidos ilegalmente do Paraguai para o território brasileiro.

Três carros utilizados pelo grupo criminoso foram apreendidos: um Chevrolet Vectra, um Fiat Idea e um Chevrolet Meriva. Todos estavam equipados com equipamentos de radiocomunicação ilegais.

A aldeia indígena, denominada Araguaju, está localizada às margens do Rio Paraná – divisa com o estado do Mato Grosso do Sul.

Por volta das 8 horas da manhã, uma equipe da PRF avistou pessoas carregando volumes em três carros. Ao visualizar a viatura, o grupo abandonou os produtos e fugiu a pé, em meio a uma área de mata fechada. Nenhum dos envolvidos foi localizado.

A carga apreendida lotou a prancha de um caminhão-guincho. A PRF encaminhou as mercadorias apreendidas para a Receita Federal em Guaíra, onde foi feita a contagem de todos os itens.

(Agência PRF)

Foto: Divulgação | Produtos apreendidos lotaram um caminhão.

 

Foto: Divulgação | Galpão lotado de mercadorias.

 

Foto: Divulgação | Galpão em aldeia indígena armazenava produtos contrabandeados.

 

Deixe uma Resposta