Policial

Motorista é preso por divulgar blitz policial pelo celular

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) prenderam um homem que divulgou, através de um aplicativo de mensagens de celular, a realização de um comando de fiscalização. O nome do elemento não foi divulgado pela polícia.

A blitz estava sendo realizada no km 58 da BR-319 (Avenida Imigrantes), em Porto Velho (RO), quando os policiais desconfiaram do comportamento de um indivíduo. Feita a abordagem, o homem, que estava fazendo uso de tornozeleira eletrônica do sistema prisional, confessou ter tirado foto da equipe e divulgado a atividade em um grupo de um aplicativo de mensagens.

Em todo o Brasil, motoristas irresponsáveis também alertam com ‘sinal de luz’ aqueles que trafegam em sentido contrário, sobre barreiras de fiscalização. Os casos são passíveis de prisão.

A conduta realizada pelo homem é considerada crime, previsto no artigo 265 do Código Penal, por atentar contra a segurança ou o funcionamento de serviço de utilidade pública, dificultando a fiscalização policial e possibilitando aos criminosos uma maior facilidade para a prática de atitudes ilícitas.

Diante disso, os agentes efetuaram a prisão do indivíduo, que, em seguida, foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil, na capital.

(FONTE: PRF-RO)

Foto: PRF | Imagem do celular apreendido, com a mensagem.
Foto: PRF | O elemento foi preso com base no Código Penal.

 

 

 

Deixe uma Resposta