Umuarama

Fiscalização eletrônica já emitiu 4.000 multas

(Editoria)

A Umutrans divulgou o relatório dos primeiros 47 dias de funcionamento do sistema de fiscalização eletrônica em 4 cruzamentos de avenidas da área central de Umuarama. São 3.996 multas aplicadas a motoristas, por infrações de avanço de sinal vermelho e de faixa de segurança para pedestres. De acordo com a diretora municipal de trânsito Dianês Piffer, as notificações podem ser comprovadas em imagens gravadas em cada local monitorado por câmeras de vídeo disponíveis.

Dianês explica que o maior número de infrações foi registrado nos 10 primeiros dias da fiscalização eletrônica (quando a média diária chegou a 101,1 autos). “Depois os números começaram a diminuir. Agora, nos 10 últimos dias que foram laçados – entre 26 de junho e 4 de julho – a média já caiu para 70,2 autos por dia (foram 702 no período), ou seja, cerca de 30% menos que nas primeiras semanas”, explicou. Em 47 dias de fiscalização, foram emitidos 3.996 autos de infração.

Essa evolução, de acordo com a diretora de Trânsito do município, Dianês Piffer, também é notada em semáforos que não contam com o dispositivo. “Tanto nos locais equipados com as câmeras quanto nos demais semáforos, temos notado mais respeito ao sinal vermelho e à faixa de pedestres. Com isso, a tendência de redução nos autos de infração tem se confirmado, apesar do pouco tempo de funcionamento dos dispositivos”, avaliou a diretora da Umutrans.

Monitoramento

Os aparelhos estão instalados em cruzamentos da Avenida Paraná com a Avenida Rio Grande do Sul e com a Rolândia, na esquina da Tiradentes com a Avenida Liberdade; e na Governador Parigot de Souza com a Presidente Castelo Branco. Nos 30 primeiros dias de funcionamento foram lançados 2.787 autos de infração – com uma média diária de 92,9 notificações (23,22 por local fiscalizado).

Em agosto próximo, mais seis conjuntos de câmeras para fiscalização de avanço de sinal vermelho e parada na faixa de pedestres serão implantados na cidade, nos seguintes cruzamentos: Avenida Tiradentes com Presidente Castelo Branco (próximo ao Posto Tamoio); Flórida com Castelo Branco (perto do Bosque dos Xetá); Dr. Ângelo Moreira da Fonseca com Praça Oscar Thompson (Hospital Cemil); Avenida Paraná com Apucarana (Posto Itamaraty); Avenida Manaus com Anhanguera (em direção ao Umuarama Country Club); e na Brasil com Ipiranga, sentido Catedral/Praça Santos Dumont.

Outro dado importante, na avaliação da diretora, é que entre janeiro e abril de 2018 o trânsito de Umuarama registrou 12 mortes – média de 3 por mês. “Após as ações da Campanha Maio Amarelo, que envolveram praticamente todos os setores da nossa sociedade com orientações, conscientização e blitz em diversos pontos, nos últimos dois meses foram registrados duas vítimas fatais. A redução no número de mortes mostra que unindo a conscientização e uma fiscalização mais intensiva, podemos melhorar as estatísticas do trânsito de Umuarama”, completou o prefeito Celso Pozzobom.

De acordo com dados estatísticos do Detran Paraná, Umuarama possui uma frota com mais de 80 mil veículos. Entre janeiro e abril de 2018 o trânsito registrou 12 mortes – média de 3 por mês.

Foto: Divulgação | Câmeras já flagraram 4 mil veículos cometendo infração.
Foto: Divulgação | Monitoramento no cruzamento das avenidas Paraná e Rolândia.
Foto: Divulgação | Sistema de monitoramento por imagens.
Foto: Divulgação | Monitoramento no cruzamento das avenidas Tiradentes e Liberdade.

 

 

 

Deixe uma Resposta