Umuarama

Plano de Mobilidade terá audiência pública dia 28

(Assessoria)

A Diretoria de Trânsito de Umuarama (Umutrans) realiza no próximo dia 28, a partir das 19h no plenário da Câmara de Vereadores, audiência pública do Plano de Mobilidade Urbana do município, que está em fase de elaboração. O prefeito Celso Pozzobom destaca a importância da participação da sociedade, através de seus representantes, e das lideranças da comunidade, considerando o alcance do projeto para o planejamento de ações e a melhoria das condições de trânsito para veículos leves e pesados, ciclistas e pedestres em toda a área urbana.

A elaboração do Plano de Mobilidade envolve muitos estudos, pesquisas de rua e na legislação, levantamentos e projeções sobre o trânsito urbano. A diretora da Umutrans, Dianês Piffer, lembra que já foram realizadas pesquisas com a população para determinar os meios de transporte mais utilizados no deslocamento de casa ao trabalho, bem como avaliações sobre as condições das vias públicas, calçadas e acessibilidade, dentre outros temas.

As pesquisas de fluxo veicular se estenderam de abril a maio deste ano. “Tivemos contagens em diversos cruzamentos do perímetro urbano, com ou sem semáforos, por meio de filmagens de 12 horas (geralmente das 7h as 19h)”, explicou a engenheira Bárbara Marchesini, especialista em trânsito da empresa contratada para elaborar a minuta do projeto.

Em momentos em que a cidade recebeu grande movimento, as equipes ouviram a população sobre qual meio de transporte cada pessoa utiliza para chegar ao centro (ônibus, carro, moto ou bicicleta). “Com os questionamentos apuramos a opinião dos pedestres sobre condições das calçadas, sinalização das vias e convivência com os veículos no trânsito”, explicou Dianês Piffer.

Uma pesquisa de satisfação também foi realizada com usuários do transporte coletivo no terminal rodoviário urbano e no interior dos ônibus, buscando compreender a avaliação sobre as condições do terminal, tempo de espera das viagens, conservação dos veículos, rotas (origens e destinos) e a integração, entre outros pontos.

“Houve ainda abordagens de ciclistas para identificar o trajeto realizado diariamente e quais as dificuldades encontradas em seu deslocamento pela cidade, ou seja, o levantamento é muito amplo e plural para que o plano de mobilidade contemple todos os setores”, acrescentou a diretora da Umutrans. “Por isso, é fundamental a presença da população e a participação efetiva nas discussões, com críticas, ideias, enfim o debate dos pontos importantes do plano”, completou Dianês.

Foto: JTM | Trânsito na Avenida Paraná.

Foto: JTM | Umuarama tem frota com quase 80 mil veículos. 

 

 

Foto: JTM | Para seguir em frente, deficiente visual se obriga a desviar de obstáculo sobre a calçada.
Foto: JTM | Deficiente visual caminha por calçada do Bosque do Índio obstruída por material de construção.

 

 

Deixe uma Resposta