Umuarama

Umutrans implanta fiscalização de avanço de sinal em semáforos

(Assessoria)

A Diretoria de Trânsito de Umuarama (Umutrans) iniciou a instalação dos dispositivos de fiscalização eletrônica para avanço de sinal vermelho e parada de veículos sobre a faixa de pedestres. Inicialmente, os sensores e câmeras serão ativados em quatro semáforos – localizados nos cruzamentos da Avenida Paraná com Rio Grande do Sul e com a Avenida Rolândia, e na Tiradentes – esquinas com a Avenida Liberdade e a Presidente Castelo Branco. Nestes pontos, a fiscalização deve ser iniciada em 15 dias.

Os locais foram definidos de acordo com as estatísticas sobre o número de acidentes de trânsito com vítimas e também com base nas propostas do Plano de Mobilidade Urbana de Umuarama, que encontra-se em fase de elaboração. Nos próximos quatro meses, outros seis pontos sinalizados por semáforos também receberão fiscalização eletrônica de avanço de sinal vermelho e serão informados com antecedência à população.

A implantação desse sistema de monitoramento e fiscalização do trânsito é parte das melhorias adotadas pelos municípios por conta da Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020 da ONU (Organização das Nações Unidas). “Governos de cidades com trânsito municipalizado se comprometeram a implantar medidas para reduzir os acidentes, que matam 1,25 milhão de pessoas por ano – é a 9ª causa de mortes no mundo. Além das mortes, os acidentes ferem e deixam sequelas em até 50 milhões de pessoas a cada ano”, lembrou a diretora da Umutrans, Dianês Pifer.

Avançar o sinal vermelho em vias sinalizadas por semáforo é uma infração gravíssima, punida com 7 pontos na Carteira Nacional de habilitação e multa de R$ 293,47. Parar sobre a faixa de pedestres é infração leve (3 pontos na CNH e multa de R$ 88,39). “Os acidentes em semáforos são comuns, apesar da fiscalização dos agentes de trânsito da Guarda Municipal (desde 2006, após a municipalização do trânsito) e também da Polícia Militar. O dispositivo não muda nada, apenas aumenta a efetividade da fiscalização”, explicou Dianês.

A diretora da Umutrans destacou que somente quem avançar o sinal vermelho será multado, bem como quem parar sobre a faixa, dificultando a passagem dos pedestres. “Cruzar o semáforo no amarelo não é considerado infração de trânsito, portanto nesse caso não existe multa. O sinal amarelo é um alerta para o motorista reduzir a velocidade e parar, pois em seguida o sinal ficará vermelho”, lembrou. Nos pontos onde o sinal fica amarelo intermitente, durante a noite, também não haverá multa. “A instalação dos dispositivos visa unicamente a segurança da população”, reforçou.

Os locais de fiscalização eletrônica serão bem sinalizados. A Umutrans vai revitalizar as faixas e placas. O dispositivo também poderá ser facilmente visualizado pelos motoristas, junto ao semáforo. Outra funcionalidade é um sistema que lê as placas dos veículos consulta os bancos de dados do Detran e da Polícia Civil, emitindo alerta sonoro na central da Guarda Municipal caso seja identificado um veículo com queixa de roubo ou furto. Após o sinal, a viatura mais próxima da Guarda ou da Polícia Militar poderá ser acionada para localizar e abordar o condutor do veículo.

Os outros pontos onde a fiscalização de avanço de sinal será implantada no prazo de quatro meses são: Avenida Ângelo Moreira da Fonseca com Praça Oscar Thompson (Hospital Cemil); Avenida Manaus com Anhanguera (Hemonúcleo); Avenida Brasil com Ipiranga; Avenida Paraná com Apucarana; e dois dispositivos na Castelo Branco com Parigot de Souza e Castelo Branco com Avenida Flórida.

Foto: Divulgação | Equipes da Umutrans trabalham na instalação do sistema.
Foto: Divulgação | Dispositivo eletrônico alerta motoristas.
Foto: Divulgação | Sistema vai operar inicialmente em quatro semáforos da região central da cidade. 

 

 

Deixe uma Resposta