Umuarama

Unipar e Aciu auxiliam empresas em financiamento

Foto: Divulgação | Fábio Viar (Sicoob Arenito), Clóvis Uliana (Unipar) e Orlando Santos (Aciu).
(Assessoria)

Parceria firmada entre a Universidade Paranaense – Unipar e a Aciu (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama) vai auxiliar as empresas da cidade na busca por financiamentos junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O presidente da Aciu, Orlando dos Santos, informa que a empresa que tiver interesse em solicitar recursos do BNDES terão de implementar um programa que estabeleça suas normas de conduta, como forma de garantir que age dentro de princípios éticos.

Chamado de Programa de Compliance, é uma espécie de controle interno para estabelecer que a empresa respeita a Lei Anticorrupção. Além do BNDES, outras instituições financeiras também já devem exigir o documento a partir de janeiro de 2018. O coordenador do curso de Ciências Contábeis da Unipar, professor Clóvis Uliana, Unidade de Umuarama, explica que o termo compliance vem do verbo em inglês ‘to comply’, que quer dizer ‘agir em sintonia com as regras’.

“Isso significa que a empresa precisa agir de acordo com os atos normativos dos órgãos reguladores das atividades que desenvolve, além de cumprir seus regulamentos e normas internas”, destaca. Segundo o professor, uma empresa está em compliance quando desempenha suas atividades em conformidade com as leis trabalhistas, fiscais, contábeis, financeira, ambiental, previdenciária, entre tantas outras regras impostas às empresas e sociedades.

“As imposições regulatórias que um empreendedor tem que se preocupar são tantas que é necessário criar este Programa de Compliance, que vai ajudar a empresa a se consolidar no mercado, pois vai traçar os objetivos estratégicos, a missão e visão da companhia, inclusive empresas de pequeno porte”, detalha.

De olho nessa nova exigência, Orlando Luiz Santos, presidente da Aciu, firmou parceria com o curso de Ciências Contábeis da Unipar para poder disponibilizar a preparação de Programas de Compliance para as empresas associadas à entidade.

“Por meio desta parceria, vamos levar até nossos associados mais este serviço importantíssimo. Com o apoio de mestres e acadêmicos do curso de Ciências Contábeis, nossos associados terão essa oportunidade de poder ter um planejamento de ações que traz vários benefícios às empresas”, pontuou.

O presidente da Aciu acrescenta que essas mudanças vêm para melhorar a organização das empresas e também para garantir um processo de estabilidade na economia brasileira. “Com estas iniciativas, estamos diante de uma mudança importante na maneira de fazer negócios no Brasil. Será necessária a adequação dos lucros a um ambiente corporativo ético e transparente. A mudança será gradual e profunda, mas precisa acontecer para que exista credibilidade e sustentabilidade no mercado”, observa.

Deixe uma Resposta