Esporte

Afsu conquistou o título dos Jogos Abertos do Paraná

Fotos: Thaise Oliveira (SEET-PR) | Diretores, técnicos e atletas da Afsu apresentaram a taça do título ao prefeito Celso Pozzobom e vereadores.

(Editoria)

A equipe do Umuarama Futsal (Afsu) comandada por Anderson Gaspareto conquistou o título da 60ª edição dos Jogos Abertos do Paraná (JAPs) – Divisão ‘A’. Nessa reta final,  a curiosidade é que os jogos foram vencidos em cobranças de pênaltis, com destaque para atuação do goleiro João Victor. A competição promovida pela Secretaria de Esportes do Paraná foi disputada na cidade de Apucarana.

A decisão do título foi entre Umuarama e Campo Mourão. O jogo terminou empatado no placar de 5×5, e nas cobranças de penalidades máximas o time da Afsu saiu vencedora. A equiupe de Cascavel ficou na terceira posição e Campo Mourão na quarta, com resultado final de 6 a 2.

“Decisão é sempre difícil. Começamos mal, tomamos um gol que não poderíamos tomar, mas a equipe foi aguerrida, conseguiu o empate e mais uma vez vencemos nos pênaltis. Fomos merecedores do campeonato e dessa vitória para o título de Umuarama”, disse o capitão Augusto.

Conseguindo reverter diversos resultados negativos, o camisa 7 acredita que a experiência nesses momentos fez a diferença. “Tem uns meninos novos, mas a maioria é experiente. Muitos já passaram por esse tipo de situação, mas eu como capitão sempre procuro passar um pouco mais de calma, tanto que nas decisões de pênaltis eu venho cobrando primeiro porque fazendo dá uma tranquilidade maior para os que vêm depois”, afirmou.

Sobre vencer quatro jogos nas penalidades máximas, o técnico Gaspar vê o resultado como resposta de muito treino. Além disso, falou sobre a maneira de comanda-los durante as partidas. “A gente sempre treina tiros livres e os pênaltis. Foi mérito do goleiro que treinou bastante e dos jogadores que bateram com eficiência. São jogadores experientes com passagens em grandes clubes, então não precisamos ficar gritando o tempo todo. É arrumar uma marcação, uma bola na diagonal, mas eles sabem o que devem fazer na quadra”, disse.

Para o comandante, a conquista do título invicto na fase regional, na Divisão B e agora na A dos JAPs neste ano, é resultado de muito trabalho e entrega. “Foi feito um trabalho pensando nos títulos que poderiam vir e essa moçada está de parabéns, pois o comprometimento foi muito grande. Tivemos a infelicidade da desclassificação do Paranaense, de cabeça erguida e nos preparamos para a essa competição. O primeiro objetivo era não cair, o segundo era chegar na final. Alguns obstáculos foram criados, mas o grupo foi compacto, fizemos um gol no finalzinho e estão todos de parabéns. Agora vamos conversar com a diretoria para ver o que vão fazer, se vão voltar para a Liga Nacional ou disputar o Paranaense”, finalizou.

 

Deixe uma Resposta