Umuarama

Luminárias de LED nas vias públicas do centro de Umuarama

A Prefeitura de Umuarama iniciou a substituição de lâmpadas de vapor de sódio por luminárias modernas de Diodo Emissor de Luz (LED), que possibilitam ganho de eficiência em luminosidade e economia com consumo de energia e manutenção.

A empresa contratada para o serviço está retirando as lâmpadas de sódio (de 150 e 250 watts) e instalando luminárias modernas, com 36 LEDs cada, aumentando o fluxo luminoso de 17 mil lumens para 24.600. “Como a nova luminosidade é branca (diferente do amarelo predominante nos locais que utilizam vapor de sódio), a sensação é praticamente de luz do dia, aumentando a visibilidade e com isso a sensação de segurança”, afirmou o secretário municipal de Obras, Planejamento Urbano e Projetos Técnicos, Isamu Oshima.

Além das lâmpadas, a empresa também tem retirado os reatores acoplados à antiga iluminação, já que as novas luminárias não necessitam deste equipamento. “Essa mudança de sistema terá reflexo direto no consumo de energia, que será reduzido apesar do aumento na eficiência e melhoria visível na iluminação”, acrescentou o secretário.

O material retirado fica armazenado no depósito da Prefeitura e pode ser utilizado em reparos ou trocas em outros pontos da cidade que utilizam este tipo de iluminação.

O prefeito Celso Pozzobom destacou o custo-benefício do investimento, comparando a manutenção e a eficiência dos dois sistemas. “O município investiu R$ 86,7 mil na Parigot de Souza e R$ 167,6 mil na Getúlio Vargas. Agora não será mais necessária a troca constante de lâmpadas e a conta de energia será menor nestes dois trechos, além de melhorar a visibilidade e a segurança para as pessoas que moram ou transitam por esses pontos. Vamos seguir com a modernização da iluminação pública em outros pontos, inclusive já temos licitações em andamento”, lembrou.

O prefeito pontuou ainda a economia do município obtida na licitação realizada dia 16 de outubro. O preço máximo para o serviço foi fixado em R$ 798,7 mil e a contratação foi fechada por pouco mais de R$ 692 mil, ou seja, mais de R$ 100 mil abaixo da proposta inicial. O prazo de execução dos serviços é de no máximo 60 dias, a contar da emissão da ordem de serviço.

Vias beneficiadas

Locais que receberão luminárias LED: Avenida Rio de Janeiro (incluindo o largo Praça Itália), ruas Pará, Goiás, Santa Catarina, Ceará, Alagoas, Bahia, Cambé, José Honório Ramos, Sergipe, Paraíba, Mato Grosso, Minas Gerais, Amazonas, Dr. Camargo, Avenida São Paulo, Praça Oscar Thompson Filho (ao lado do Hospital Cemil), Estação Rodoviária e rua Guadiana e Perobal.

O engenheiro eletricista Anderson Fernando Cavalari explica que, comparando o desempenho dos dois sistemas, nota-se economia de 32% no consumo de energia e aumento de 33% na eficiência. Além disso, o LED tem maior durabilidade. “Trocamos lâmpadas que duravam até 16 mil horas por conjuntos que resistirão 50 mil horas ou mais, com menor consumo. As luminárias instaladas no Centro Cultural Vera Schubert e na Praça Miguel Rossafa, em 2015, não apresentaram problema até agora. A duração é estimada em 4 anos, mas há sistemas funcionando há 6, até 8 anos”, completou.

Deixe uma Resposta