Umuarama

Umuarama terá R$ 6,6 milhões para investir no aeroporto

(Editoria)

Foi assinado nesta segunda-feira (18), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, um protocolo para liberar R$ 6,6 milhões para reformas no Aeroporto Orlando de Carvalho, em Umuarama. Entre as obras previstas estão o recapeamento e a ampliação da pista e a adequação e a ampliação do terminal de embarque e desembarque de passageiros.

Além do governador Beto Richa e de José Richa Filho (secretário de Infraestrutura), participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, o prefeito de Umuarama, Celso Pozzobom e os deputados estaduais Fernando Scanavaca, Marcio Nunes e Jonas Guimarães (foto).

“Esse investimento no aeroporto municipal de Umuarama é muito importante porque, além de possibilitar a Umuarama ter voos regulares, vai contribuir para um desenvolvimento mais intenso da cidade e de toda a região Noroeste, que é de suma importância para o Estado”, disse Richa. “O município está esperando uma linha comercial área faz muito tempo”, afirmou.

Ele lembrou que o Governo do Paraná está trabalhando em uma série de tratativas para ampliar a oferta de voos em todo o Estado. Em 2016, foi assinado um protocolo de intenções com a companhia Azul Linhas Aéreas para implantar o transporte aéreo regular em cidades ainda não atendidas pelo serviço, como Pato Branco, Guarapuava e Umuarama.

Para que os aeroportos do Paraná recebam voos comerciais da companhia, precisam se adequar aos padrões técnicos exigidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). “Não conseguiríamos fazer os ajustes no aeroporto de Umuarama sem a ajuda do governo estadual”, disse o prefeito de município, Celso Luiz Pozzobom. Com os recursos garantidos pelo Governo do Estado, o município agora abrirá concorrência pública para contratar uma empresa que será responsável pela obra.

Além de recursos para o aeroporto, o governador também repassou mais R$ 2 milhões para Umuarama, que serão utilizados para a compra de vigas para duas pontes do município e para custeio na área de saúde.

Deixe uma Resposta