Umuarama

Novos problemas no Complexo Poliesportivo

(Assessoria)

A Prefeitura de Umuarama notificou extrajudicialmente o responsável pela Construtora Contersolo para corrigir definitivamente problemas existentes nas obras da rede de galerias no chamado Complexo Poliesportivo. Segundo prefeito Celso Pozzobom, as obras consumiram recurso públicos da ordem de R$ 17 milhões.

Em parecer técnico, a equipe de engenharia da Prefeitura – na atual gestão – apontou problemas técnicos como o afundamento do solo e processo erosivo no trecho anterior ao término do canal. Foram notadas trincas em vários tubos e descolamento de argamassa e rejuntamento, causando o rompimento de juntas de tubos e o carreamento de terra da parte externa para dentro da tubulação, aflorando pontos de erosão na superfície.

“Esses defeitos são sérios, pois contribuem para o agravamento do processo erosivo e ameaçam tanto o aterro quanto o pavimento da Avenida Parigot de Souza, que recuperamos há poucas semanas, caso não seja recuperado de forma urgente”, alertou o prefeito. “Por sorte não tivemos nenhuma chuva forte nas últimas semanas”, acrescentou Pozzobom, ao vistorias as obras (foto).

A Contersolo foi notificada para que inicie a regularização da obra, corrigindo todos os defeitos e vícios apontados no parecer técnico, no prazo máximo e improrrogável de cinco dias, a partir do recebimento da notificação. Segundo prefeito, é um pedido amistoso, feito administrativamente, pois a obra encontra-se dentro do período de 5 anos de manutenção por parte da construtora, previsto no contrato. “Porém, caso este pedido não seja atendido, nossa Procuradoria Jurídica está orientada a adotar medidas judiciais imediatamente”, acrescentou.

Deixe uma Resposta